Prefeitura de Itapitanga - BA
Siga-nos

Junho Violeta: Prefeitura de Itapitanga realiza palestra em alusão a campanha em combate à violência contra a pessoa idosa


Publicado em: 06/06/2024

Em alusão ao Junho Violeta, mês dedicado ao combate à violência contra a pessoa idosa, a Prefeitura de Itapitanga, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI), realizou nesta quarta-feira (05) uma palestra educativa direcionada a população atendida nos programas sociais do município e atraiu vários participantes.

Durante a palestra que teve como tema “Dignidade, respeito e proteção” e foi conduzida pela presidente do CMDPI, Andressa dos Santos Oliveira, foram abordados temas voltados para a proteção e valorização dos idosos, promovendo a conscientização sobre os diversos tipos de violência que podem sofrer, como física, psicológica, financeira e negligência.

“A iniciativa reforça o compromisso da administração municipal em promover ações que valorizem e protejam os idosos de Itapitanga, incentivando uma cultura de respeito e cuidado”, destacou o secretário municipal de Assistência Social, Alan Jones Oliveira Costa.

Dona Gildete Matos participou da palestra e aprovou a iniciativa. “Muito boa e necessária essa palestra, pois sempre nos deparamos com situações de violência às pessoas idosas, e às vezes deixamos de denunciar por falta de segurança. Com o que nos foi apresentado aqui hoje temos a certeza de que existem mecanismos e pessoas trabalhando para que situações de violência aos idosos sejam combatidos”, disse dona Gildete.

Disque Denúncia - Uma das novidades anunciadas durante a palestra foi o lançamentodo Disk Denúncia para casos de violência contra pessoas idosas. Se você presenciar ou souber de alguma situação de abuso, denuncie pelo número: (73) 99103-0698.

“Neste dia 5 de junho os itapitanguenses ganham mais um canal em favor dessa causa, o Disk Denúncia, que vem para colaborar na realização das denúncias. A partir do momento que a população identificar situações de violência contra a pessoa idosa. Pedimos a população que seja nossa parceira nessa luta pela garantia dos direitos da pessoa idosa“, pontuou Andressa dos Santos Oliveira.

 

 

--
Texto: Gardennia Garibalde – Ascom PMI